TRÁFICO DE DROGAS EM BANDEIRANTES

No decorrer do dia através de serviço de informação e diligências equipe PM conseguiu efetuar a prisão de um casal que havia descido de um ônibus e fazia a pé ptrajeto pela Avenida Edelina Meneghel Rando no intuito de entregar uma sacola para outra mulher que aguardava em baixo de uma árvore. No interior da bolsa entregue pelo casal para a mulher que os aguardava foi localizada um três porções grandes (tabletes) de substância análoga ao crack pesando “um quilo e cem gramas”. Todos os três seguiram encaminhados junto à droga para lavratura de flagrante delito.

ABORDAGEM DE SUSPEITO EM ASSAÍ

Ás 17h00 equipe PM através de diligências conseguiu localizar o paradeiro de um adolescente de 15 anos, o qual em data pretérita (17/08/2014) havia furtado uma motocicleta e a escondido no meio de um matagal. No entanto, ao mostrar o local para a equipe PM, o adolescente verificou que a motocicleta não mais estava ali escondida, e disse que somente uma outra pessoa por alcunha Kiko, 21 anos, é quem sabia do fato criminoso. Diante do exposto ás partes implicadas seguiram encaminhadas para acareação, esclarecimentos, e demais procedimentos pertinentes perante a autoridade competente (Delegado de Polícia).

VEÍCULO RECUPERADO EM CORNÉLIO PROCÓPIO

Por volta de 16h20m equipes da PM conseguiram aprender um adolescente de 16 anos, o qual cerca de duas horas antes havia furtado uma motocicleta que se encontrava estacionada na Rua Benjamin Constant, área central. A motocicleta em questão foi abandonada pelo adolescente próximo a UENP-Campus na PR- 160. O adolescente que se encontrava bastante cansado e assustado foi localizado nas proximidades do Jardim Primavera, e ainda tentou ludibriar a equipe PM, mas acabou por confessar que havia subtraído a motocicleta e que a havia escondido em uma mata ao entorno da Uenp/Campus. Diante do exposto, encaminharam-no junto ao veículo recuperado para propositura de medida socioeducativa. Cabe frisar que denúncias de populares em muito auxiliaram a apreensão do adolescente infrator.

EX PREFEITO DE IBIPORÃ NADO RIBEIRETE CONFIRMA APOIO AO DEP FED JOÃO ARRUDA






 Numa importante reunião ontem, quinta-feira, 21, na cidade de  Ibiporã, Nado Ribeirete, o Nado, Ex Prefeito e empresário, apresentou seu candidato a seus funcionários, lideranças e amigos, com o  Deputado Federal João Arruda, Pré-Candidato à reeleição nas eleições deste ano, marcando presença com sua equipe de trabalho, com agenda sendo cumprida em todo norte pioneiro e noroeste do estado do Paraná.  Nado convidou vários amigos e correligionários, que compareceram e confirmaram que estarão em mais essa empreeitada, junto com o Dep Fed João Arruda.

MOTOCICLISTA PERDE A VIDA EM ACIDENTE NA PR-160, PRÓXIMO AO TREVO DE SANTO ANTONIO DO PARAÍSO










Ontem, quinta-feira,21,  por volta das 19:30 hs, a Polícia Rodoviária de São Sebastião da Amoreira, foi  chamada para atender uma ocorrência gravíssima na PR-160, entre Congonhinhas e Nova Fátima.

No local, os Policiais Rodoviários e Civil se depararam com um acidente envolvendo um GM Corsa, de cor prata, de placas AUJ-6711, que era conduzida por Antonio Dioni Lopes, de 27 anos e tinha como passageira, sua esposa, Tamires Lima, de 24 anos, que se envolveu em acidente com uma motocicleta de Congonhinhas, com placas ANV-9324, que era conduzida por Paulo Rogério.

O motoqueiro, Sr. Paulo Rogério morreu no local do acidente e o condutor e passageira do automóvel foram encaminhados para Hospitais da região. A colisão foi tão forte, que um dos braços do motoqueiro ficou dentro do automóvel, do lado do motorista.


A Pólicia Civil que esteve no local do acidente vai investigar o caso.

Pedra atinge professora em escola de Curitiba e suspeito é aluno de 17 anos

Segundo a vítima, o garoto e outros amigos jogavam pedras na escola.
Delegada diz que adolescente pode ter que cumprir medida socioeducativa.

Do G1 PR, com informações da RPC TV
Uma professora de Curitiba denunciou à polícia nesta quinta-feira (21), que foi vítima de uma pedrada, durante o trabalho. Segundo ela, o autor da agressão foi um adolescente, de 17 anos de idade. O jovem, que é aluno da escola onde a professora trabalha, já foi identificado pelos policiais e deve ser intimado para prestar depoimento na Delegacia do Adolescente.
De acordo com a vítima, Vanessa Collere, os alunos dela informaram que alguns menores estavam jogando pedras contra a sala de aula.  Ao tentar retirar alguns alunos de perto da janela, uma das pedras a atingiu. “Os alunos começaram a me dizer que eu estava sangrando. Quando eu virei para eles, começou a pingar”, conta.
Para a delegada Paula Brisola, que cuida do caso, a situação representa uma clara falta de respeito tanto à professora, quanto à figura do estado, já que o adolescente que acertou a professora e outros colegas atiravam as pedras contra o prédio da escola.  “[O adolescente] pode receber uma medida socioeducativa que vai de advertência ou uma prestação de serviços à comunidade, de acordo com o Código de Defesa da Criança e do Adolescente”, explica Brisola.
Para a professora  atingida pela pedra, a falta de limites entre os jovens é o que mais preocupa. “É a última coisa que a gente quer nessa profissão. A gente tem objetivos muito claros. A gente quer o melhor, sempre, para a comunidade que a gente está trabalhando, para a escola que a gente está trabalhando. Essa ausência de limites, que os adolescentes estão tendo, para ficarem às 3 da tarde jogando pedra numa escola. Onde estavam os pais dessas crianças?”, questiona.

COMEMORAÇÕES NA APAE DE NOVA AMÉRICA DA COLINA

A APAE de Nova América da Colina realizou, na manhã desta quinta-feira (21), um encontro especial com os alunos, professores, funcionários, pais e convidados. O encontro teve por objetivo a abertura da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla (21 a 28 de agosto) e a comemoração dos 60 anos da APAE no Brasil e 16 anos da APAE em Nova América da Colina. Parabéns a todos!

Romanelli faz lançamento de campanha em quarto municípios do Norte Pioneiro‏

O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli visita onze municípios da região do Norte Pioneiro desta quinta-feira, 21, até domingo, 24. Em quatro deles, lideranças e prefeitos fazem o lançamento da campanha eleitoral, rumo ao quarto mandato representando a região na Assembleia Legislativa do Paraná.
Nesta quinta-feira, Romanelli inicia a agenda de visitas ao Norte Pioneiro por São José da Boa Vista, quando mantém encontro político com um grupo liderado pelo prefeito Sérgio Kroneis. Na oportunidade, Romanelli visitará a unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), empresas do comércio e indústria locais. Depois, o deputado segue para Japira, onde junto com o ex-prefeito João Renato Custódio, participa de um encontro com lideranças que o apoiam nas eleições 2014. Ainda na quinta-feira, Romanelli estará em Ibaiti, onde participa de um encontro organizado pela correligionária Maria Pavan.
Sexta-feira, dia 22, Romanelli visita o município de São Jerônimo da Serra. Depois, ele segue para Ribeirão do Pinhal, para encontrar-se com o grupo liderado por Eduardo Ribeiro. Em Guapirama, ele será conduzido em uma carreata pelas ruas da cidade, acompanhado do prefeito Pedro (Banzé) de Oliveira. À noite, Romanelli faz, em Santa Cecília do Pavão, o lançamento oficial da campanha, ao lado do ex-prefeito Edmar Santos, de vereadores e lideranças comunitárias.
Sábado, 23, será a vez de Ribeirão do Pinhal iniciar a corrida rumo à Assembleia Legislativa do Paraná, quando acontece, às 9 horas, o lançamento oficial da campanha naquele município. Já em Barra do Jacaré, o lançamento da campanha acontece às 16 horas. Nova América da Colina também fará o lançamento oficial da campanha do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, às 19 horas.
Domingo, 24, Romanelli visita Carlópolis, onde se reunirá com o prefeito Marcos David, o Pezão e, na sequência, visita o município de Tomazina, onde se encontra com o prefeito Guilherme Saliba Costa e lideranças políticas e comunitárias. Romanelli retorna ainda domingo para Curitiba.

Diogo Roque vira baixa no LEC

Volante deve ficar um mês fora do time após passar por artroscopia no joelho esquerdo

Ricardo Chicarelli/27-07-2014
Diogo Roque vinha jogando com dores no joelho esquerdo nas últimas partidas
O volante Diogo Roque passou por uma artroscopia no joelho esquerdo e ficará de molho por aproximadamente um mês. Segundo a assessoria de imprensa do clube, a expectativa é de que o jogador volte a estar disponível apenas a partir das oitavas de final da competição. O Londrina ainda não está matematicamente classificado, mas só não avança com uma improvável combinação de resultados.

Diogo já perdeu boa parte da intertemporada por problemas no outro joelho e vinha jogando com dores no esquerdo nas últimas partidas. Tanto que seu rendimento caiu em relação ao do Campeonato Paranaense, principalmente nas arrancadas em direção ao gol adversário como elemento surpresa, sua marca registrada.

Sem Diogo, Anderson seria a primeira opção para não mexer no sistema e apenas recuar Bídia. Porém, outra alternativa é recuar Léo Maringá e promover a entrada de Rone Dias ao time. Para o jogo diante do Boavista-RJ, domingo, entretanto, o técnico Cláudio Tencati pode optar pela entrada da dupla. Léo Maringá era um dos atletas mais desgastados nos últimos jogos e pode ganhar um descanso.

A outra dúvida para o jogo de domingo é o lateral esquerdo Allan Vieira, que se recuperava de uma torção no tornozelo esquerdo. Se ele não puder jogar, Diego Prates será o substituto. O Tubarão soma 12 pontos e é o único time com 100% de aproveitamento na competição. Uma vitória sobre o Boavista, domingo, às 16 horas, no estádio do Café, deixa a equipe matematicamente classificada.

INGRESSOS
Os ingressos antecipados para o jogo estão sendo vendidos nos pontos tradicionais ao preço promocional de R$ 20 inteiro e R$ 10 meio para a arquibancada e R$ 40 inteiro e R$ 20 meio para o setor coberto. No dia do jogo, eles sobem para R$ 30 e R$ 15 no setor descoberto e R$ 60 e R$ 30 para as cadeiras. As mulheres pagam o valor correspondente à meia entrada. E terão que adquirir ingresso personalizado.

TUBARÃOZINHO
A equipe Sub-20 do Londrina conheceria ontem à noite o seu adversário nas oitavas de final da Taça BH. O Tubarãozinho ficou na primeira colocação do grupo D e vai enfrentar o segundo melhor colocado por índice técnico. Com gols de Leonardo e Raí, o time venceu o Fluminense na noite de quarta, por 2 a 0, chegou a cinco pontos e dois gols de saldo. Manhuaçu e Fluminense estão eliminados. O Vitória foi o outro classificado.
Thiago Mossini
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Mais de 5 mil londrinenses vão ‘testar urnas’ amanhã


A Justiça Eleitoral conta com o comparecimento de boa parte dos cerca de 5,5 mil eleitores convidados para a eleição simulada, em Londrina e Tamarana (Região Metropolitana de Londrina), para testar a eficiência da votação biométrica. O teste será feito amanhã, entre 13h e 17 horas, em todas as setes zonas eleitorais da cidade. Mas apenas os eleitores de 15 seções (veja quadro), entre 1.065 seções existentes em Londrina, foram chamados. Conforme o chefe do cartório da 146ª zona eleitoral de Londrina, Willian Garcia, "dependemos da participação do eleitor para melhorarmos o serviço para ele mesmo".

Garcia disse que recebeu muitas ligações nos últimos dias de eleitores querendo informações sobre o simulado. "Muitos queriam saber se seriam obrigados a participar. Apesar de não ser, explico a todos que a presença será muito importante." Londrina e Tamarana vão ter, pela primeira vez, eleição totalmente biométrica, depois da revisão feita no ano passado, e a Justiça Eleitoral tem interesse em apurar o tempo médio do voto de cada eleitor, o funcionamento do sistema de coleta e a atuação dos mesários com o novo equipamento.

Apenas os eleitores cadastrados nas seções destacadas poderão participar do teste. No Paraná, o simulado também será realizado em Campo Largo (Região Metropolitana de Curitiba), amanhã. Em Maringá, e nos municípios agregados de Doutor Camargo, Floresta, Ivatuba e Paiçandu, o simulado será no dia 30 de agosto.

Mesmo no simulado o eleitor vai apresentar o título e o documento pessoal para que o mesário confira o nome na lista e libere a identificação biométrica.


Edson Ferreira
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Comitiva empresarial japonesa mostra vontade de ‘fechar negócios’

Grupo de Ueda oferece tecnologias para fazer desde tratamento de lixo ao fortalecimento do solo e participa de mesas de reuniões com paranaenses

Lis Sayuri
Grupo de empresários e integrantes de órgãos de desenvolvimento locais acompanharam apresentações sobre indústrias asiáticas de vários segmentos
A comitiva de japoneses que participou ontem do seminário empresarial, em Londrina, demonstrou interesse em firmar parcerias tão logo exista contrapartida de empresários da região. Depois de missões de ambos os lados para fortalecer os laços, empreendedores da cidade de Ueda, na província de Nagano, chegaram à cidade com o discurso de que a viagem não era de turismo, mas para "fechar negócios e ganhar dinheiro". O seminário aconteceu no showroom da construtora A. Yoshii.

Um grupo de 20 empresários e integrantes de órgãos de desenvolvimento locais acompanharam apresentações sobre indústrias asiáticas dos segmentos metalmecânico, de bebidas, de alimentos, de enriquecimento do solo e de tratamento de lixo. No fim do encontro, houve mesas de reuniões para formalizar o contato entre brasileiros e japoneses.

Duas possibilidades de negócio interessaram à Integrada Cooperativa Agroindustrial, por exemplo. Uma era a de produção de legumes para uma indústria de conservas e a outra, de desenvolvimento de enzimas que melhoram a qualidade da terra, para elevar a produtividade. "Se conseguirmos viabilizar a negociação, abre-se a possibilidade de diversificação de renda para o agricultor", diz o diretor presidente da Integrada, Jorge Hashimoto, que participou de algumas missões ao Japão.

O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Veronesi, afirmou que há outras negociações adiantadas, com destaque para a tecnologia de tratamento de lixo, que reduz em 300 vezes o volume de resíduos. "Estamos contentes porque, em pouco tempo, foram duas visitas de empresários japoneses, o que mostra interesse de buscar o mercado brasileiro", disse.

Segundo o presidente da Câmara do Comércio e Indústria Brasil-Japão do Paraná, Yoshiaki Oshiro, a empresa de tratamento de lixo japonesa tem interesse em sair do Estado já com a parceria concluída. "Temos empresários interessados em fechar negócio em novembro, em Nagano", disse, ao lembrar que ainda serão feitas visitas a Maringá, Cascavel, Toledo e Curitiba.

Estrutura
Para Veronesi, foi também a chance de mostrar como a região Norte do Paraná é hoje mais atrativa do que centros industriais em outros estados. Além de falar sobre a criação de dois parques industriais locais e do fortalecimento do Parque Tecnológico de Londrina (PTL) - (leia mais nesta página), ele destacou a abundância de água, de energia elétrica e de gás natural na cidade, em contraponto à situação paulista. "Em São Paulo, há indústria que ameaça fechar nesse período de seca, enquanto aqui temos abundância de água."

Oshiro considerou que a transferência de tecnologia é fundamental para desenvolver a indústria local e que o interior ganhou força com as missões, porque boa parte dos asiáticos somente conhecia São Paulo e Rio de Janeiro. "Eles estão vindo para cá porque há situações em que é possível garantir maior sustentabilidade. O custo de operação aqui chega a ser de um terço em relação ao de São Paulo e a qualidade de vida, que é importante para o japonês, é maior aqui."
Fábio Galiotto
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Prefeitura começa demolições na Salgado Filho


Lis Sayuri
Operários demoliram parte da estrutura da antiga Escola da Carambeí, ao lado do Tiro de Guerra
Londrina – A Prefeitura de Londrina iniciou ontem a demolição dos imóveis desapropriados na Avenida Salgado Filho (zona leste) para a ampliação do Aeroporto Governador José Richa. Os operários demoliram parte da estrutura da antiga Escola da Carambeí, ao lado do Tiro de Guerra. Na sequência, os serviços seguem para oito casas na esquina da Rua Tertuliano, distante 650 metros da escola, onde os moradores sofrem com a insegurança.

Sem saber que a demolição havia começado no outro lado do bairro, o professor José Adir Marques de Carvalho, de 63 anos, reclamou da demora e expôs que a situação fica mais grave cada dia. "Tomara que dessa vez seja verdade. Eu só acredito quando a máquina chegar aqui. Pessoas estão sendo assaltadas, ameaçadas", denunciou.

O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Veronesi, disse que após problemas burocráticos, finalmente as demolições serão finalizadas. O prazo para a conclusão é de 60 dias. O economista da Codel, Rubens Bento, disse que amanhã vai vistoriar o serviço para tentar concluir no menor tempo possível. As desapropriações começaram há três anos. Esta é a última etapa de demolições.
Celso Felizardo
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Lixo toma conta de ribeirão entre Londrina e Ibiporã

Garrafas plásticas, galhos, capacete e até geladeira são encontrados no leito do Lindoia

Celso Pacheco
Até uma geladeira foi descartada no Ribeirão Lindoia
Ibiporã – O trecho do Ribeirão Lindoia que passa pela chácara da família do engenheiro civil Irineu Augusto de Melo é motivo de preocupação nos últimos dez anos. A propriedade rural fica próxima ao contorno norte de Ibiporã, na divisa com Londrina, e fica à margem do ribeirão.

Segundo Melo, o cenário no entorno foi alterado após a construção da rodovia. "A terraplanagem ao longo da pista deixou esse trecho mais assoreado. Quando chove inunda tudo na chácara. Já perdi parte de um muro, postes de iluminação e agora tem uma erosão com mais de dez metros de profundidade. Tudo o que chega fica acumulado na margem do ribeirão", explicou.

A chuva arrasta para o ribeirão galhos de árvores e lixo de todo tipo: garrafas plásticas, um capacete e até uma geladeira foram encontrados no local pela reportagem na quarta-feira. "Há muitos anos, fiscais do IAP [Instituto Ambiental do Paraná] estiveram na propriedade, mas até agora nada foi feito. Acho que faltou fazer a canalização da água de um jeito adequado direto para o rio", avaliou. Os dois lagos que eram utilizados no antigo pesque pague também ficaram assoreados ao longo do tempo.

A chácara costumava ser alugada para eventos, mas a degradação tornou a área perigosa para os convidados. "Com essas erosões, até a família deixou de frequentar. O terreno também desvalorizou muito e não damos conta de tirar todo o entulho que chega com a chuva", revelou.

O Lindoia nasce na zona oeste de Londrina, próximo ao Pool de Combustíveis, e cruza a cidade até Ibiporã. O ribeirão foi afetado na quarta-feira pelo vazamento de produtos químicos após um incêndio atingir uma empresa localizada em um parque industrial ibiporãense.

O IAP mantém o monitoramento da qualidade da água que passa por todas as bacias hidrográficas da cidade. A coordenadora dos trabalhos, Gelsy Wani Gonçalves, informou que o último relatório geral foi publicado em 2011. "De lá para cá, as análises se mantêm no mesmo nível de poluição", afirmou a bioquímica.

Conforme Gelsy, a coleta dos materiais é feita duas vezes por ano, mas os últimos resultados não foram divulgados. O chefe regional do IAP, Raimundo Maia Campos Júnior, afirmou que tentar autorização para divulgar esses últimos relatórios. "Mas nenhum rio da região está bom", afirmou. "Temos verificados esses lançamentos com frequência e há alguns de pequena intensidade que são tolerados, mas se constatarmos algo fora do comum, podemos aplicar uma multa."

Para o professor do Departamento de Engenharia Ambiental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Edson Fontes de Oliveira, o acúmulo de resíduos sólidos no Ribeirão Lindoia representa apenas "a ponta do iceberg" em relação à contaminação no local. "Cada material levado com a chuva carrega também produtos químicos e uma série de outros resíduos que se dissolvem na água. A consequência disso é uma simplificação e o empobrecimento da fauna e da flora, já que resistem apenas as espécies muito tolerantes", ressaltou.

Oliveira é doutor em monitoramento de sistemas aquáticos e faz pesquisas com professores e alunos do mestrado em Engenharia Ambiental da UTFPR. O grupo monitora os ribeirões Cambé e Cafezal. As primeiras constatações apontam para o assoreamento e o acúmulo de resíduos na área urbana e a presença de produtos químicos utilizados na agricultura nos trechos de rios que passam pela zona rural. "Estamos em uma situação crítica. A educação ambiental precisa ser levada a sério. Há apenas iniciativas pontuais de monitoramento, mas sem a integração de todos os órgãos, escolas, municípios e ONGs não será possível evitar os impactos futuros", alertou.
Viviani Costa
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Médico é demitido por irregularidade no registro de ponto

Processo comprovou que servidor deixou ponto em aberto em UBS enquanto atendia em outra instituição de saúde

Londrina - O médico Marco Aurélio Nascimento Crespo foi demitido ontem da rede pública de saúde do município por supostamente trabalhar em outra instituição no mesmo horário em que estava com ponto aberto na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Santiago. A decisão foi tomada pela Corregedoria-Geral do município, após conclusão do processo administrativo disciplinar – aberto em maio de 2013 – comprovando a infração com base em depoimentos de funcionários e registro eletrônico. A corregedoria analisou todo o mês de março de 2013 e a irregularidade foi cometida em diversos dias.

Segundo o corregedor do município, Alexandre Alberto Trannin, ficou comprovado que o médico teria se ausentado do posto em que estava trabalhando para atender pacientes no Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema (Cismepar). "Havia consultas agendadas e retorno de pacientes que foram atendidos no Cismepar pelo médico. Para isso, registrava seu ponto eletrônico na UBS, saía para atender na outra instituição, e voltava mais tarde à UBS", explicou, atentando, porém, que não há como comprovar quanto tempo ele teria ficado no Cismepar, já que lá não existe ponto eletrônico. Por este motivo, inclusive, não haverá pedido de ressarcimento do erário, pois não há forma de provar o tempo exato de ausência do médico.

O médico é servidor do município em duas matrículas, ou seja, atua em dois padrões: um como médico clínico e outro como médico do Programa de Saúde da Família (PSF). A infração, de acordo com o corregedor, foi cometida em apenas uma matrícula. Isso significa que, na outra, ele vai continuar atuando normalmente. "Entendemos que como ele trabalhou, efetivamente, em um cargo, seria abuso demiti-lo nas duas matrículas se as irregularidades foram cometidas em apenas um vínculo." O servidor foi admitido, na matrícula em que houve a aplicação da penalidade, no ano de 1995.

O advogado do médico, Júlio Ribeiro de Castro, disse que vai pedir a revisão do processo na área administrativa e, o quanto antes, ingressar com ação judicial. "Meu cliente nega que tenha se ausentado da UBS para trabalhar em outro lugar. O que existe é uma flexibilização de horário para os médicos prevista em contrato, desde que cumpram sua carga horária. O que, erroneamente, a corregedoria não entendeu. Ele sempre cumpriu sua jornada", defendeu. Com relação a esse argumento, o corregedor afirmou que não se aplica nesse caso; somente quando o servidor está previamente em outra função e impedido de abandonar o posto de trabalho por motivo de força maior.
Marian Trigueiros
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Emprego tem baixo crescimento em julho no País

Brasil registrou menor saldo de vagas de trabalho com carteira assinada para o mês desde 1999

Shutterstock
Em julho, a indústria metalúrgica foi uma das que mais demitiu no Estado, com redução de 374 vagas
Curitiba - O País registrou menor saldo de vagas de trabalho com carteira assinada para julho desde 1999. O total de empregos formais gerados no mês foi de 11.796, volume 71,5% inferior ao de julho do ano passado, quando foram geradas 41,5 mil vagas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). No Paraná foram criadas 2.683 vagas com crescimento de 0,10%. De janeiro a julho, o País teve crescimento de 1,56% com 632.224 vagas e o Estado registrou elevação de 2,44% com 66.188 vagas.

O setor que mais demitiu em julho foi a indústria de transformação com o fechamento de 2 mil vagas no Paraná e 15.392 vagas no Brasil. Para o diretor de pesquisa do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Julio Suzuki, o resultado do emprego de julho mostra que o ‘’arranjo macroeconômico do País baseado em consumo, comércio e demanda interna faliu’’. Para ele, não adianta liberar crédito se as pessoas estão endividadas. Ele também não descarta a possibilidade de a taxa de desemprego começar a subir ainda neste ano.

Suzuki acredita que os empregos na indústria têm sido os mais afetados porque o setor sofre com a competitividade com os importados e com o custo elevado de produção. No Paraná, um dos segmentos que mais demitiu em julho foi a indústria de material de transporte (as montadoras) com fechamento de 729 vagas em função do estrangulamento do mercado argentino, das restrições na concessão de crédito para compra de carros novos e do recuo nas vendas no mercado interno. Além deste segmento, também demitiram no Estado a indústria de couro, borracha e fumo (-693 vagas), a indústria metalúrgica (-374 vagas), a indústria têxtil e de vestuário (-352 vagas).

O presidente do Sindimetal-PR, Alcino Tigrinho, disse que houve queda de vagas no setor porque há muitas empresas que fornecem para as montadoras e, mesmo as que não são fornecedoras, sofrem com a reação em cadeia. Para ele, o estímulo ao crédito anunciado pelo Banco Central de R$ 25 bilhões nesta semana também não vai trazer soluções, pois é um modelo esgotado.

Na contrapartida, o setor de serviços criou 3.193 vagas no Estado e 11.894 no Brasil. ‘’O setor de serviços não sofre com a concorrência internacional’’, disse Suzuki.

Para o economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Sandro Silva, a geração menor de vagas no mercado de trabalho tem ocorrido em função da desaceleração da economia, da crise internacional que afeta as exportações brasileiras, do aumento dos juros e do câmbio valorizado.

Silva disse que um alento importante é que o País continua gerando empregos e foram mantidos os aumentos reais dos salários. Ele lembrou que a indústria vem tendo dificuldades há algum tempo no Brasil e agora as montadoras começaram a demitir fortemente. ‘’O setor de veículos foi um dos que mais foi beneficiado com a desoneração do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e agora demite’’, disse.

No ano passado, o Paraná gerou 90.349 novas vagas. Silva prevê que talvez haja melhora na geração de empregos no último trimestre do ano, mas acredita que o volume de vagas criadas seja menor que no ano passado. Para Suzuki, o Paraná deve sofrer a influência da macroeconomia e pode ter pequena ascensão do desemprego em 2014. Assim como Silva, também prevê geração de vagas menor em 2014.


Andréa Bertoldi
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

ADULTERAÇÂO DE SINAL IDENTIFICADOR DE VEÍCULO AUTOMOTOR EM SANTA MARIANA

Ás 16h40m equipe PM conseguiu realizar a apreensão de uma motocicleta que se encontrava com a numeração de chassi suprimida, e sem placa, sendo que, posteriormente ficou sabendo se tratar de veículo aparentemente proveniente de leilão, e portanto não circulável. O proprietário da motocicleta que estava em uma oficina mecânica com a motocicleta seguiu encaminhado para acareação e demais procedimentos legais junto a autoridade competente.

TRÁFICO DE DROGAS EM JATAÍZINHO

Ás 15h00 equipe PM realizava patrulhamento próximo ao trilho de trem que margeia a Avenida Getúlio Vargas, inclusive em uma área já conhecida como ponto de venda de drogas; e ali foi abordado um adolescente em atitude suspeita, com o qual foram apreendidos: 08 pedras de crack; 07 sacoletes de cocaína, e 02 papelotes de maconha. A seguir encaminharam-no para propositura de medida socioeducativa junto às drogas apreendidas.

PM DE ASSAÍ PRENDE ELEMENTOS QUE HAVIAM FURTADO UMA RESIDENCIA NO JARDIM VENEZA

Equipe PM conseguiu realizar ás 14h45m a prisão em flagrante de três indivíduos que se encontravam no interior de um veículo branco, os quais minutos antes haviam cometido um arrombamento e furto de objetos do interior de uma casa localizada no Jardim Veneza. A equipe PM conseguiu alcançar os três ladrões quando esses trafegavam pela PR-090, sentido à Jataizinho, ainda com os objetos furtados no interior do veículo, a saber, 01 TV de 32 polegadas, além de diversas outras ferramentas. Em seguida, todos os três receberam voz de prisão e seguiram encaminhados junto ao veículo utilizado para a consecução do crime, bem como junto aos objetos subtraídos e recuperados.

TRÁFICO DE DROGAS EM BANDEIRANTES


No decorrer do dia, através de rápida ação policial, equipe PM da Rotam parou um veículo de táxi entre o cruzamento da Rua Antonio Ragazzi Bentivenha e Rua Prefeito Moacir Castanho, e verificou que duas passageiras, sendo uma adolescente de 17 anos, moradora no residencial das Flores junto a uma outra mulher de 34 anos, oriunda de São Paula, traziam no interior do táxi uma bolsa contendo “um quilo e cinquenta gramas” de substância aparentando ser cocaína, além da quantia em dinheiro de R$481,00 reais; Ambas confessaram que haviam apanhado à droga na cidade de Araçatuba (SP), e queiriram ganhar R$ 1.000.00 (mil reais) para deixar o “embrulho” para um homem no Terminal Rodoviário de Bandeirantes. Diante do exposto, ás partes seguiram encaminhadas para o devido procedimento legal junto ao dinheiro e drogas.

PM ATENDE OCORRÊNCIA DE INCÊNDIO DE VEÍCULO EM CORNÉLIO PROCÓPIO

Ás 16h20m enquanto fazia patrulhamento próximo à Praça Brasil, na Avenida XV de Novembro, equipe PM auxiliou populares a atenuar o início de chamas em um veículo VW/ Santana. A PM se manteve no local até a chegada do Corpo de Bombeiros a qual definitivamente extinguiu o fogo. OBS: Algumas pessoas e a equipe PM se utilizaram de extintores até a chegada do Corpo de Bombeiros.