ALIMENTOS ARRECADADOS DURANTE A 2ª EXPONAC SÃO ENVIADOS AO HOSPITAL DO CÂNCER

Na tarde desta quinta-feira, 18 de setembro, o Município de Nova América da Colina enviou toneladas de alimentos não perecíveis ao Hospital do Câncer de Londrina. Os alimentos foram arrecadados junto à população colinense durante a 2ª Exponac, em troca de ingressos. O Prefeito Alexandre Basso acompanhou o carregamento do caminhão baú, que contou com o apoio dos funcionários da Agência do Trabalhador e da Frente de Trabalho.

PREFEITO MESTIÇO IMPULSIONA OS CURSOS PROFISSIONALIZANTES EM ASSAI

Na tarde de ontem (17) o prefeito Luiz Mestiço participou da audiência pública que busca a implantação de curso técnico em Agronegócio a ser ofertado no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Escola Tecnica de Assaí.
O evento contou com a presença da chefe do Departamento Estadual de Educação e Trabalho Fabiana Campos, do deputado federal Alex Canziani, representantes do Nucleo de Cornélio Procópio,secretários municipais e educadores.
O próximo passo é aguardar a liberação do curso de agronegócio por parte da Secretaria de Educação e o Conselho Nacional de Educação.
“Esse curso é de grande importância e tem muita demanda em nossa região. Temos ótimos trabalhadores e na sua grande maioria sem um diploma e registro, temos empresas comprometidas a realizar estágios com os futuros alunos. Iremos mobilizar todos os prefeitos da região para agilizarmos esse processo de implantação que com certeza trará uma grande desenvolvimento para nossa região”
A escola já iniciou o processo de matriculas para os cursos de técnico em mecânica e técnico em edificações para o ano de 2015 atendo Assaí e toda região", comenta o prefeito Luiz Mestiço.
Para a diretora Eunice Manoel “ pela tradição existente na agricultura familiar, fundamental na economia da comunidade, pretendemos buscar parcerias junto aos setores de destaque correlacionados, com a finalidade de formar profissionais capacitados a dinamizar ainda mais o agronegócio em nossa região".

Menina de 12 anos leva revólver para sala de aula no Norte do Paraná

Redação Bonde
QR:
Flip

Uma aluna de 12 anos foi flagrada, nesta quinta-feira (17), com um revólver calibre 32 e cinco munições no interior do Colégio Estadual de Marumbi (33 km ao sul de Apucarana). 

A adolescente teria levado a arma para a sala de aula com a intenção de se proteger de uma colega que a agrediu na semana passada. 

A direção da escola acionou a Polícia Militar, que apreendeu o revólver. O pai da aluna foi preso por porte ilegal de arma de fogo, uma vez que o revólver tinha numeração raspada. 

(com informações da rádio Nova Era)

Mulher diz ter sido estuprada por pedreiro que trabalhava ao lado de sua casa

Samara Rosenberger - Redação Bonde
QR:
Flip

Uma mulher denunciou o crime de estupro na manhã desta quarta-feira (17), em Irati (135 km ao norte de União da Vitória), no Sudeste do Paraná. O suposto abuso teria acontecido na manhã de terça-feira (16), na própria casa da vítima, localizada na rua João Pabs, no bairro Nhapindazal.

De acordo com a denúncia, por volta das 9h30, um homem que trabalha em uma obra vizinha invadiu a residência da vítima enquanto ela dormia. Após amarrá-la com dois cadarços, o suspeito começou a estuprá-la. Após o ato, ele voltou a trabalhar normalmente.

A vítima só revelou o suposto abuso aos familiares na manhã de ontem. Depois, foi até a delegacia de Polícia Civil e identificou o suspeito, que foi preso em flagrante.

A mulher também foi conduzida ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar exame de corpo de delito a fim de comprovar o estupro.

Mulher é encontrada esfaqueada e nua em estrada rural

Samara Rosenberger - Redação Bonde
QR:
Flip

Uma mulher foi encontrada ferida no final da noite desta quarta-feira (17), no distrito de Novo Sobradinho, no município de Toledo, no Oeste do Paraná. Ela estava deitada em uma estrada de terra com várias perfurações de arma branca pelo corpo.

Avisada por populares, a Polícia Militar (PM) compareceu ao local e acionou o socorro. A vítima estava ensanguentada e nua. As equipes do Siate prestaram socorro e a encaminharam até o Hospital Bom Jesus, porém ela não resistiu e veio a óbito horas depois.

A Polícia Civil esteve no local e realizou perícia. Foram encontradas roupas e poças de sangue no local. Como há sinais de violência sexual, o Instituto Médico Legal (IML) recolheu material e vai realizar exames para comprovar se houve abuso.

O IML ainda informou que o nome da vítima não foi confirmado. Um suposto familiar teria feito a identificação, mas a PM não a localizou no sistema.

Caminhoneiro morre ao ser atingido por eucalipto

Redação Bonde
QR:
Flip

O corte de uma árvore terminou em tragédia na tarde desta quarta-feira (17) no interior do Paraná. Um motorista morreu ao ter o caminhão atingido por um eucalipto na Estrada do Comissário, na área rural de Mamborê.

Evonir Macarin Dal Pont, de idade não informada, passava pelo local no momento. A árvore atingiu a cabine do caminhão. O motorista teve morte instantânea ao ser prensado entre às ferragens.

O Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para resgatar a vítima. O corpo de Evonir foi encaminhado ao IML.

O responsável pelo corte do eucalipto foi conduzido à delegacia de Mamborê para prestar depoimento.

SR. CARLOS OSCAR SOARES RECEBE TÍTULO DE CIDADÃO CENTENÁRIO

Em solenidade realizada nesta terça-feira (16.09), o Executivo e Legislativo de Nova América da Colina, por proposição do Vereador Amarildo Benedito de Oliveira, homenageou o Sr. Carlos Oscar Soares, com o Título de Cidadão Centenário do Município, pelos relevantes serviços prestados à comunidade, como funcionário público. O Sr. Oscar completou 100 anos de idade no dia 21 de maio de 2014. Participaram da solenidade: os Vereadores, o Prefeito Alexandre Basso e a Primeira-dama Tânia, além de familiares e amigos.

FURTO DE VEÍCULO EM JATAÍZINHO

Equipes da Polícia estão em busca do paradeiro do autor de um furto de um Fiat/Uno de placa CKP-8614, o qual fora furtado na noite anterior (17) quando estacionado por volta de 22h00 em frente a uma residência da Avenida Antonio Brandão de Oliveira. Provavelmente o furto se deu durante a madrugada. Diante do exposto, a rede de policiamento foi acionada, persistindo buscas nesse sentido.

TRÁFICO DE DROGAS EM ASSAÍ


Ás 14h00 equipe PM realizou a prisão em flagrante de um indivíduo por prenome Luís, o qual tentou repassar uma certa quantidade de maconha para a detenta por prenome Edna, enquanto essa aguardava por uma audiência em uma sala do Fórum. O acusado havia se aproximado da sala separada, e repassado a droga para a detenta, porém, tal fato foi percebido por um policial militar. Diante do exposto, ás partes seguiram encaminhadas para lavratura de flagrante delito. Provavelmente após a audiência no Fórum a droga seria repassada ou revendida no interior da Cadeia Pública aos demais detentos.

EncontrosFolha discute logística e infraestrutura

Evento realiza-se na manhã do dia 24 de setembro, no Hotel Blue Tree

O Grupo Folha realiza na manhã do dia 24 de setembro, no Hotel Blue Tree, em Londrina, o segundo EncontrosFolha, que terá como tema "Infraestrutura e Logística: vencendo os gargalos do Norte do Paraná". Promovido em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC), o evento contará com uma palestra feita pelo coordenador do Núcleo de Infraestrutura e Logística da instituição, Paulo Tarso Vilela de Resende.

Como painelistas, também vão participar o assessor técnico e econômico da Federação da Agricultura do Paraná (Faep), Nilson Hanke Camargo, o representante do Conselho Temático de Infraestrutura da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), João Arthur Mohr, o coordenador do curso de Logística da UniFil, Pedro Antônio Semprebom, e a coordenadora de Gestão de Planos de Programas de Infraestrutura e Logística da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística, Rejane Karam (ver programação).

O diretor do Grupo Folha, José Nicolás Mejía, explica que a escolha do tema está relacionada com as necessidades apontadas no primeiro EncontrosFolha, realizado dia 5 de junho, quando foram debatidos os desafios para a economia em 2015, tanto em âmbito nacional como regional. "A conclusão do primeiro encontro foi de que os gargalos da logística e da infraestrutura são os principais entraves para o desenvolvimento do interior do Paraná", afirma.

Ele ressalta que problema não é apenas regional. "Um dos maiores obstáculos para o crescimento sustentado do Brasil é a falta de investimento em infraestrutura, situação que coloca em risco o futuro do País. Por isso, discutir esse tema não é só importante, mas fundamental", avalia Mejía.

De acordo com o diretor, o objetivo principal dos EncontrosFolha é permitir que as lideranças empresariais e políticas, assim como a sociedade em geral, cobrem das autoridades municipais, estaduais e federais a implantação de medidas de curto prazo e a definição de estratégias de longo prazo para melhorar a competitividade da região. "Os resultados dessa iniciativa do Grupo Folha têm sido positivos. Confiamos que a continuidade dos encontros trará uma série de benefícios para o Norte do Estado", avalia.

Ingressos para o EncontrosFolha estão à venda a R$ 150 na sede do jornal, na Rua Piauí, 241. Assinantes pagam R$ 100 e estudantes, R$ 75.

Saulo Ohara/05-06-2014
Saulo Ohara/05-06-2014
"Discutir a ausência de investimento em infraestrutura não é só importante, mas fundamental", avalia o diretor do Grupo Folha José Nicolás Mejía



Nelson Bortolin
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Policiais são presos por concussão

Roger Pereira
Reportagem Local

Fazenda Rio Grande - Três policiais civis (um investigador e dois policiais em estágio probatório) da Delegacia de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, foram presos em flagrante pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), na tarde de ontem, por crime de concussão (exigência de dinheiro, mediante ameaça, por funcionário público).

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério Público, um morador de Fazenda Rio Grande procurou o Gaeco para denunciar que estava sendo ameaçado de prisão pelos policiais por receptação de mercadoria ilegal. Eles exigiriam pagamento de R$ 60 mil para não autuá-lo. "Os policiais foram presos pelo Gaeco quando pegaram da vítima R$ 1,5 mil, em dinheiro, e um cheque, no valor de R$ 58,5 mil, emitido pela esposa do denunciante. Na delegacia, foram localizados alguns objetos que teriam sido retirados pelos policiais da casa da vítima", conta, em nota, o MP.

FONTE - FOLHA DE LONDRINA

Suspeito de estupro morre em carceragem da 10ª SDP

Homem havia recebido alta da Santa Casa e seria transferido para unidade prisional na manhã de ontem

Anderson Coelho
"O laudo comprovou que o traumatismo craniano foi provocado pelas agressões anteriores", explicou Amaro
Londrina – Um homem de 20 anos morreu durante a manhã de ontem em uma sala anexa ao Centro de Triagem (CIT) da 10ª Subdivisão Policial (SDP) de Londrina. Ramires Sarinho Guergoleti, acusado de estuprar duas mulheres no fim semana, havia recebido alta da Santa Casa na noite de terça-feira. O laudo da necrópsia apontou que a morte foi em decorrência de um traumatismo craniano.

Por ser acusado de crime sexual, Ramires foi colocado em uma sala individual, separado dos demais presos do CIT. "Eu pessoalmente fiz o pedido do mandado de prisão temporária de 30 dias contra ele pelos crimes de sequestro, roubo e estupro para ter certeza que assim que ele saísse do hospital fosse efetuada a prisão. Ele seria transferido pela manhã", explicou o delegado chefe da 10ª SDP, Márcio Amaro.

Segundo a polícia, Ramires, de posse de uma pistola e uma faca, assaltou duas mulheres na madrugada de domingo, nas proximidades do Hospital Universitário, na zona leste de Londrina, e, com o carro das vítimas, se dirigiu até a região da Usina Três Bocas, na zona sul. "Lá ele estuprou as mulheres, praticou sexo oral e as deixou nuas abandonadas no meio do mato", informou o delegado. O suspeito tinha várias passagens pela polícia, inclusive por roubo.

Policiais do serviço reservado conseguiram descobrir o paradeiro do acusado no Jardim União da Vitória. No entanto, antes da chegada dos policiais, moradores agrediram o rapaz a tijoladas na noite de segunda-feira. Ele foi encaminhado à Santa Casa com diversas lesões e traumatismo craniano.

De acordo com policiais que trabalharam durante a noite em que Ramires ficou preso, o acusado chegou à carceragem muito machucado e ficou bastante agitado enquanto esteve detido. Pela manhã, ele foi encontrado inconsciente. O Samu foi acionado e constatou a morte.

A necrópsia feita pelo Instituto Médico Legal (IML) apontou que a vítima morreu em decorrência de uma hemorragia cerebral subaguda. "O laudo comprovou que não houve qualquer lesão nas últimas 24 horas e que o traumatismo craniano foi provocado pelas agressões anteriores. Por parte das polícias Civil e Militar não houve nenhum tipo de irregularidade e nenhuma ação que pudesse contribuir com o óbito", frisou.

Por meio de nota, a Santa Casa informou que Guergoleti deu entrada no fim da noite de segunda-feira e recebeu alta às 22 horas de terça. "Seguindo os protocolos médicos para o caso que se apresentava, o paciente foi submetido a exames que descartaram complicações no momento. Depois de permanecer em observação pelo tempo preconizado e ser reavaliado, ele recebeu alta médico-hospitalar".

A Polícia Civil vai abrir um inquérito para identificar os autores das agressões, além de ouvir os profissionais que prestaram atendimento médico ao acusado.
Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Em busca do melhor café do Paraná

Mais de 30 amostras do grão estão sendo avaliadas por oito provadores do Estado

César Augusto
Durante o julgamento são avaliados itens como aroma/fragrância, uniformidade, ausência de defeitos, doçura, sabor e acidez
Nem a baixa expectativa da produção de café paranaense para 2014 – justificada pela geada do ano passado - tirou o ímpeto dos produtores do Estado em produzir grãos especiais e diferenciados este ano. Prova disso é que iniciou ontem em Londrina e segue até hoje, o julgamento da fase regional da 12ª edição do Concurso Café Qualidade Paraná, no Centro de Pesquisa em Qualidade do Café, na sede do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar). A competição é promovida pela Câmara Setorial de Café, da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (Seab), por meio do Iapar e do Instituto Emater.

Mais de 30 amostras das regiões de Santo Antônio da Platina, Cornélio Procópio, Apucarana, Maringá, Cianorte, entre diversas outras, estão sendo avaliadas por oito provadores do Estado nas categorias café natural, cereja descascado e microlote, voltado aos produtores da agricultura familiar. As amostras iniciaram a disputa na fase municipal, entre 20 agosto e 10 setembro, e agora partem para a etapa regional. Cinco lotes de cada categoria avançam para a última fase, a estadual, com julgamento previsto para o final de outubro.

Disputam a última fase o que há de melhor em relação ao café paranaense, apenas os mais bem pontuados, acima dos 75 pontos na escala da Associação Americana de Cafés Especiais (SCAA). Para o coordenador estadual do Projeto Café do Instituto Emater, Cilésio Abel Demoner, o concurso é uma forma de incentivar a produção do grão de qualidade no Paraná. "O cafeicultor investe na sua lavoura, focando não apenas em produtividade, mas também qualidade, agregando valor ao produto final e melhorando a renda da família. Hoje, o café especial paranaense tem qualidade para atender os mercados interno e externo", salientou ele.

Durante o julgamento, são avaliados atributos sensoriais pelos provadores, como aroma/fragrância, uniformidade, ausência de defeitos, doçura, sabor, acidez, corpo, after taste (persistência do gosto) e equilíbrio. "Esse café especial precisa ter um ‘algo a mais’ do que a commodity comum. Inclusive uma boa condução na lavoura e também no pós-colheita, o que é de responsabilidade do produtor. Cabe, após isso, aos provadores encontrarem características que torne-o um produto especial", explicou a engenheira agrônoma da Seab e coordenadora da fase regional do concurso, Lorian Voigt Gair.

Por fim, Lorian disse que a busca final, de cada provador, é pelo prazer de um bom café. "Nós temos regiões que produzem cafés com as características daquele local, satisfazendo diferentes nichos de mercado. A remuneração ao produtor, no final do processo, é o que de fato vai dizer o quanto esse café é especial", complementou a coordenadora.
Victor Lopes
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Os perigos de furar o pedágio

Mulher morreu após o marido passar por fora da cancela em praça na BR-369

Fotos: Ricardo Chicarelli
Motociclistas se valem do tamanho do veículo e furam o pedágio mesmo sem o acionamento da cancela, passando pela lateral
ABCR não possui dados sobre o número de motoristas que não pagam pedágio no País e nem estimativa do prejuízo que isso traz
Londrina – Um acidente com vítima fatal no último domingo em uma praça de pedágio da BR-369 reacendeu a discussão sobre os motoristas que tentam burlar o pagamento da tarifa furando o pedágio. A colisão em Jacarezinho (Norte Pioneiro) resultou na morte de uma mulher de 35 anos, que estava na garupa de uma moto, e em ferimentos no seu marido, que era o condutor.

A Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) não possui dados sobre o número de motoristas que não pagam pedágio diariamente no País e nem estimativa do prejuízo que isso traz. Porém, bastam poucos minutos de observação em qualquer praça para flagrar a passagem de carros sem pagar.

A maioria dos condutores se aproxima muito do veículo da frente e aproveita a abertura da cancela para seguir o fluxo. Já os motociclistas se valem do tamanho do veículo e furam o pedágio mesmo sem o acionamento da cancela, passando pela lateral.

"O que mais nos incomoda não é o que se deixa de arrecadar, mas sim os riscos que essa prática traz para outros usuários e funcionários das concessionárias. Registramos com muita frequência colisões traseiras, atropelamentos e danos materiais nos imóveis em virtude deste tipo de ação", relata João Chiminazzo Neto, diretor regional da ABCR no Paraná e Santa Catarina.

A infração de evasão do pedágio é considerada grave e resulta em multa de R$ 127 e na perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). De acordo com a ABCR, em algumas oportunidades, as polícias rodoviárias Estadual e Federal realizam ações nas praças de pedágio para coibir este tipo de prática e multar os infratores.

"Quando é possível, informamos a polícia sobre determinado veículo que é parado no próximo posto policial e tem a opção de fazer o pagamento. Já constatamos usuários que furam constantemente as praças. Em um caso específico, a dívida era de R$ 5 mil. Acionamos a Justiça, que condenou o motorista a pagar", ressalta Chiminazzo. Todos os veículos que passam por uma praça de pedágio têm a placa fotografada.

Os usuários se dividem em relação aos motivos que levam motoristas a burlar a lei, mas a grande maioria é contra a atitude. O técnico em automação Fábio Petrilho, 41 anos, viaja toda a semana para diversas cidades do Paraná e relata que é muito comum flagrar motoristas colados no seu carro para não pagar o pedágio. "A tarifa serve para melhorar a rodovia. Se eu pago, porque um ou outro não quer pagar? Não acho justo", lamenta.

Já o sitiante Afonso Pelisson, 70, acredita que o alto preço do pedágio colabora com esta prática. "Realmente o valor deveria baixar, mas existem outras formas de reivindicar isso", frisa. O aposentado Antônio Moraes, 62, entende que a tarifa não deveria ser mais do que R$ 5. "Assim como acontece em muitos serviços, no pedágio também deveria haver isenções para idosos e deficientes físicos", sugere.

João Chiminazzo rechaça a ideia de protestar sobre o valor do pedágio não pagando a taxa estipulada. "Não pagar o pedágio é uma contravenção e uma irresponsabilidade perigosa. Muitos usuários reclamam da injustiça quando alguns não pagam", garante.
Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Cardeal do Rio debate a alegria do Evangelho

Em visita à cidade, dom Orani Tempesta fala sobre os dias que passou ao lado do papa Francisco e o desafio da religião em alcançar a juventude

Lis Sayuri
"É claro que temos que usar os novos meios de comunicação para chegar até as pessoas que acessam a rede", declarou dom Orani Tempesta
Londrina - O mais recente cardeal ordenado pelo papa Francisco no Brasil e anfitrião do pontífice no País, dom Orani João Tempesta, do Rio de Janeiro, ministrou, ontem, a palestra de abertura de semestre do curso de Bacharel em Teologia da Pontifícia Universidade Católica (PUC) Londrina. No evento, dom Orani debateu sobre a alegria do Evangelho e o atual desafio da religião em alcançar a juventude e contou sobre os dias que passou ao lado do papa, em Roma, em fevereiro.

"Temos que ter esse Evangelho em mente. Porque ele veio lembrar que o anúncio da palavra de Deus é alegria para as pessoas, traz uma nova vida", explicou o cardeal, ao citar o documento programático escrito pelo próprio papa Francisco assim que assumiu o papado. "Assim ele mostra o que pensa e deseja para a Igreja nos próximos anos", completou.

Segundo dom Orani, uma das pautas da Igreja Católica desde os tempos do papa João Paulo II é parar de supor que o católico já foi evangelizado. "Não basta apenas falar da moral ou do comportamento, da doutrina ou da catequese. É preciso falar do primeiro anúncio alegre da salvação. Isso começou a ser mais trabalhado porque não se poderia mais supor que isso já tivesse acontecido com os católicos."

Ainda encantado com a recepção que teve em Roma, em fevereiro, dom Orani relatou que nunca imaginou passar uma semana inteira ao lado do papa, fazendo todas as refeições e acompanhando o pontífice em compromissos religiosos. "Foi uma oportunidade incomum. O papa é muito simples, e achei interessante porque geralmente a gente é que vai a ele perguntar alguma coisa, mas jamais imaginei que ele viesse até a gente perguntar algo. Ele surpreende nesse sentido. A cada momento, a cada instante, pela afabilidade, pelo interesse, e pela piedade na oração e momentos mais simples do dia", comentou.

A alegria, simplicidade e cordialidade do papa também foram apontadas pelo cardeal. "O papa Francisco, como latino-americano, pode expressar não só com seus gestos, mas mostrando que o Evangelho da alegria deve contagiar a todos, para que esse mundo possa ser melhor", declarou. Para dom Orani, um dos obstáculos da Igreja, hoje, é alcançar os jovens. "Hoje, a rapidez da comunicação é muito grande, então é claro que temos que usar os novos meios de comunicação para chegar até as pessoas que acessam a rede."

SEGREDOS,br>Dom Albano Cavallin, arcebispo emérito de Londrina, presente na palestra como convidado, brincou com o posto de dom Orani. "Não nos esqueçamos que esse cardeal é aquele que aparecia no papa-móvel bem ao lado do papa Francisco. Foi o anfitrião do papa no Brasil. Ele deve conhecer todos os segredos do papa." Sobre o Evangelho da Alegria, ele ressaltou que a "bonita mensagem" deve mesmo ser repassada a todos. "A religião precisa ser alegre porque nós somos seguidores de um cadáver, mas de Jesus ressuscitado."

A plateia na PUC era formada principalmente de acadêmicos e clérigos da região, como o arcebispo de Maringá, dom Anuar Battisti.
Paula Barbosa Ocanha
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

ESPORTE - LEC retoma treinamentos visando mata-mata da Série D

O Londrina voltou ontem aos treinos após o empate em 1 a 1 com o Metropolitano (SC), no último domingo. O elenco alviceleste realizou atividades em dois períodos. Pela manhã, os jogadores alternaram exercícios de condicionamento e fortalecimento muscular. Na parte da tarde, o técnico Cláudio Tencati comandou o primeiro trabalho com bola da semana. O treinador promoveu um treino técnico-tático em campo reduzido.

As novidades foram as voltas aos treinos com bola dos volantes titulares Diogo Roque e Bidia, 100% recuperados de lesões. Já o atacante Bruno Batata ainda não tem previsão para voltar a treinar com bola, o que lhe deixa cada vez mais longe de estar em campo no próximo dia 28, para o primeiro duelo do mata-mata.

Primeiro colocado do grupo A8 da Série D do Campeonato Brasileiro, o Tubarão já está classificado para a segunda fase. O Tubarão, que já fez seus oito jogos na primeira fase do torneio, folga no próximo final de semana, quando será disputada a última rodada e na qual serão definidos os confrontos das oitavas de final.

Para o primeiro confronto da próxima fase, Tencati não poderá contar com o lateral-esquerdo Allan Vieira, suspenso. Diego Prates será o substituto. Em compensação, os meias Celsinho e Davi Ceará voltam a ficar à disposição do treinador.
Rafael Souza
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Londrina em tempo real

Empresa de Santa Catarina instalou câmeras em seis pontos da cidade para que qualquer pessoa possa observar o movimento pela internet

Por segurança ou mera curiosidade, poder dar uma espiada, ao vivo, no que acontece em várias cidades do País parece uma boa ideia. Uma empresa de Joinville (SC) instalou mais de 800 câmeras em diversos pontos de 90 cidades do País. Em Londrina, existem seis delas – uma na Avenida Higienópolis, uma na Avenida Quintino Bocaiúva, duas na Rua Francisco Gabriel de Arruda e duas nas rodovias BR-369 e PR-445. As imagens podem ser conferidas por qualquer pessoa em um site da internet, o vejoaovivo.com.br.

O CEO da empresa, David Abuhab, explicou que a ideia surgiu em 2012 com o intuito de ajudar a população a acompanhar, em tempo real, a situação do trânsito, as condições do tempo e a "visitar" pontos turísticos, por exemplo. "O objetivo do VejoaoVivo é facilitar a vida das pessoas no dia a dia." As câmeras são instaladas em pontos com grande movimentação de veículos, pontos turísticos ou em locais que auxiliam os usuários a conseguirem informações sobre o clima, condições das ondas, entre outros, acrescenta o CEO.

No portal, é possível buscar por câmeras por cidades, estados ou "canais", como aeroportos, rodovias, praias, animais, surf, pontos turísticos, universidades, estádios de futebol, "melhores destinos", skate e trânsito. "Por Londrina ser uma das maiores cidades do Paraná, faz parte do processo de expansão do VejoaoVivo no País. Nós também temos a intenção de instalar mais câmeras na cidade, mas ainda não temos os locais definidos." De acordo com Abuhab, até o final de 2014, o VejoaoVivo pretende alcançar mais de 1.000 equipamentos instalados em todo o País.

As câmeras ficam instaladas em estabelecimentos comerciais, como o Consórcio União, na Avenida Higienópolis, local de grande fluxo de veículos, próximo ao cruzamento com a Av. Madre Leônia Milito. "Achamos que seria uma boa coisa, porque conseguimos ver em tempo real o movimento, e isso nos ajuda um pouco a cuidar da nossa empresa", afirma Jane Prado, supervisora de Marketing do Consórcio União. As câmeras foram instaladas gratuitamente nas unidades de Londrina e de Maringá da empresa.

Outra das câmeras do VejoaoVivo fica no Auto Posto Cisne, localizado na Av. Quintino Bocaiúva, região igualmente movimentada. "(Pelas imagens da plataforma) A gente consegue ver os dois lados da avenida, ver a saída de veículos do nosso estabelecimento e a porta do outro estabelecimento comercial que fica na frente", comenta Eduardo Marques, proprietário do posto de combustível. "É atrativo poder visualizar o movimento onde temos ponto comercial em tempo real."

Segundo Abuhab, a iniciativa para a instalação das câmeras parte tanto do próprio VejoaoVivo quanto do comerciante. "O VejoaoVivo procura instalar nas principais avenidas e ruas da cidade, mas também existe procura de donos de comércios. A vantagem é poder monitorar ao vivo o entorno do próprio estabelecimento além de ter sua marca divulgada como apoiador em nosso portal." Quem quiser sugerir locais para a instalação das câmeras do VejoaoVivo pode entrar em contato pelo www.vejoaovivo.com.br no link "Sugira uma câmera".



FONTE - FOLHA DE LONDRINA
Mie Francine Chiba
Reportagem Local

Youssef é condenado a 4 anos de prisão em caso Banestado

Sentença tem ligação com ação penal retomada após descumprimento de acordo de delação premiada; defesa vai recorrer

Curitiba – Pivô da Operação Lava Jato, o doleiro Alberto Youssef foi condenado a quatro anos e quatro meses de prisão em regime fechado e multa pelo crime de corrupção ativa por ter obtido, no ano de 1998, um empréstimo de US$ 1,5 milhão junto à agência das Ilhas Cayman, no Caribe, do extinto Banestado, mediante US$ 131 mil de propina paga ao diretor de Operações Internacionais do banco. O empréstimo foi obtido para uma importadora de carros, a Jabur Toyopar Importação e Comércio de Veículos Ltda.

Esta ação penal foi originalmente proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2003, mas foi suspensa no ano seguinte em decorrência de acordo de delação premiada celebrado pelo MPF e Ministério Público do Paraná com o acusado. Entretanto, como o londrinense foi novamente preso durante a Operação Lava Jato, não cumprindo a promessa de não voltar a atuar no mercado paralelo de dólar, o processo foi reaberto em maio deste ano pela Justiça Federal do Paraná. Apesar da condenação por corrupção ativa, Youssef foi absolvido da acusação de gestão fraudulenta de instituição financeira.

"Alberto Youssef é um criminoso profissional. Teve sua grande chance de abandonar o mundo do crime com o acordo de colaboração premiada, mas a desperdiçou, como indicam os fatos que levaram à rescisão do acordo", diz um trecho da sentença publicada.

Além da apuração sobre o empréstimo mediante pagamento de propina, o Caso Banestado também abrange outro processo que também foi reaberto. Segundo o MPF, o doleiro também responde por crimes de gestão fraudulenta de instituição financeira, evasão de divisas e corrupção ativa por ter movimentado irregularmente R$ 345,9 milhões por meio de 43 contas bancárias em nomes de laranjas que abriu em uma agência do banco em Londrina, entre os anos de 1998 e 1999. Entre estas contas, uma das principais era a da Proserv Assessoria Empresarial, usada para depositar R$ 172,9 milhões em contas CC5. O dinheiro que saia do Brasil tinha como destino contas abertas em nome de offshores. O MPF informou que inclusive já está trabalhando nas alegações finais em relação a esta outra ação.

DEFESA

O advogado de Youssef, Antonio Figueiredo Basto, informou que vai recorrer da decisão e que vai contestar a decisão do juiz Sérgio Moro, que acatou o pedido feito pelo MPF para retomar os processos contra seu cliente, anulando a delação de 2004. "A defesa não foi ouvida na decisão de romper o acordo, é um absurdo. Como também é lamentável ficar sabendo da sentença por meio da imprensa. Não fui intimado sobre a decisão do magistrado. Ainda não analisei o conteúdo da sentença, mas sem dúvida vou recorrer", explicou ele à FOLHA.

LAVA JATO
O doleiro segue preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 17 de março, quando a Lava Jato foi deflagrada. Seis meses após o início da operação, Youssef já virou réu em cinco ações penais. Em duas delas ele inclusive já foi interrogado (na que apura crimes financeiros por meio de celebração de contratos de câmbio fraudulentos em nome de empresas para pagamentos no exterior de importações fictícias, entre elas a Labogen S/A Química Fina; e na outra sobre lavagem de dinheiro produto de tráfico de drogas).

As demais ações penais em que Youssef é réu apontam para crimes de lavagem de dinheiro produto de desvios de recursos públicos da Petrobras (mesmo processo em que é citado Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da estatal); operação irregular de instituição financeira e evasão de divisas no valor de US$ 78,2 milhões mediante 1.114 contratos de câmbio fraudulentos envolvendo duas empresas offshore entre junho de 2011 e março deste ano; e crimes de lavagem de dinheiro conta a Administração Pública Federal, de parte do dinheiro do mensalão (processo em que familiares de José Janene também são citados).

fonte - folha de londrina
Rubens Chueire Jr.
Reportagem Local

Advogada é presa ao tentar extorquir ganhador da Dupla Sena

Homem, que levou R$ 6 milhões de prêmio no ano passado, estava com mandado de prisão em aberto por estelionato e também foi detido pela polícia
17/09/2014 | 11:29 | 
Uma advogada foi presa na tarde desta terça-feira (16) em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, ao tentar extorquir um ganhador da Dupla Sena. A advogada e outros três indivíduos descobriram que o homem, que levou um prêmio de R$ 6 milhões no ano passado, tinha um mandado de prisão em aberto por crime de estelionato. Com esta informação, o grupo tentou obter R$ 50 mil da vítima.
O delegado de Colombo, Antonio Macedo de Campos Junior, contou que o homem foi abordado por três indivíduos que o chantagearam com a informação sobre o mandado. Eles exigiram R$ 50 mil, valor que seria repassado à advogada para que ela tentasse solucionar a pendência que o homem tinha na Justiça.

Os dois foram encaminhados à delegacia de polícia, onde verificou-se o mandado de prisão do homem. Por ter cometido crime de estelionato, ele deveria estar cumprindo pena de dois anos e quatro meses na Colônia Penal Agrícola (CPA), em Piraquara.O homem se dirigiu ao banco, encontrou-se com a advogada, e, quando ele tentava sacar o dinheiro, ambos foram abordados por uma equipe da Guarda Municipal, que recebeu uma denúncia da família do ganhador sobre a extorsão.
A advogada foi presa em flagrante por sequestro mediante extorsão. Por volta das 22h30, ela foi solta após pagar fiança de R$ 10 mil.
Já o ganhador da Dupla Sena seguia preso na Delegacia de Campo Largo na manhã desta quarta-feira (17), aguardando a abertura de uma vaga na CPA.
FONTE - GAZETA DO POVO

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE


Contabilidade, para alguns, pode significar somente montanhas de papéis, burocracia, atrasos e desperdício de tempo.
Para os mais esclarecidos, contabilidade é uma ciência, aplicável ao patrimônio, que resulta em importantes informações gerenciais para empreendedores, administradores, investidores e gestores das organizações, além de ser base para outros usos de caráter obrigatório (como legislação fiscal, trabalhista, previdenciária e societária).
Mas a contabilidade precisa “estar em dia”, isto é, atualizada, ou pode ser meramente um reflexo dos eventos mais distantes?
Contabilidade “em dia” não significa somente que a contabilidade representa os fatos econômicos ocorridos recentemente (20, 30 dias atrás), mas também que as contas que agrupam os valores (como conta Clientes) estão devidamente conciliados, isto é, condizentes com a realidade. Daí resultando em balancetes (ou mesmo balanço) de fatos recentes, “fechando o mês” no dia 5, 10, 15 ou no máximo 20 do mês subsequente.
A vantagem de uma contabilidade “em dia” é óbvia: gerar informações para uso imediato, de forma que o gestor, investidor, administrador ou empreendedor pode tomar decisões mais confiáveis na condução da organização ou na decisão de investimentos.
Uma contabilidade atualizada permitirá, por exemplo, aferir se as alterações organizacionais (em vendas, marketing, finanças) estão produzindo o resultado esperado ou se novas mudanças são necessárias. Devemos reduzir preços para aumentar vendas e assim lucrar mais? Ou devemos fechar a filial “B” e investir recursos na filial “C” para alavancar a margem de contribuição desta última filial? São perguntas importantes – e uma vez tomada a decisão, nada mais importante do que acompanhar seus efeitos com uma contabilidade devidamente atualizada!
Caminhar sem contabilidade, ou com uma contabilidade “antiga” é caminhar no escuro. As vantagens de uma contabilidade “em dia” são por demais óbvias para serem desprezadas.
Quanto a “montanhas de papel”, “burocracia” e outros possíveis “defeitos” da contabilidade (alegado por alguns), vai aí uma dica: que tal dinamizar as informações, de forma que os sistemas sejam integrados à contabilidade, evitando os trâmites de papéis? Que tal reduzir o número de “carimbos” e realizar uma simplificação nos procedimentos, de forma que imediatamente à recepção do documento na empresa o mesmo já seja contabilizado (por sistema integrado) e possa – independentemente de seu trâmite interno – ser conhecido por todos os gestores que utilizam os dados contábeis?
Contabilidade “em dia”, para não ter a empresa “atrasada” na avaliação de seus negócios!

Um Grande abraço
IPO Contabilidade